quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

O meu velho Patxi

video

Lembro-me de ser pequena e o meu pai me dizer: "Anda, vem ouvir "a" voz"!! E assim foi que o meu pai me apresentou a Patxi Andion....

Podem chamar-me pindérica ou antiquada (acreditem que já ouvi coisas dessas) mas eu gosto de Patxi, por tudo aquilo que me faz sentir.

A relação que tenho com o meu pai é superior a qualquer coisa que se possa expor e explicar aqui, mas tenho no meu pai a minha consiência. Dotado de uma força que me transcende, sempre que ouço Patxi, ou Zeca, ou Pedro Barroso, José Mario Branco, Ary dos Santos, reporto-me ao meu pai.

Há quem fale de Liberdade e outras coisas que eu talvez nunca entenda da maneira como ele a entendeu....para mim é tudo mais simples, mais caseiro, mais pessoal...não sei o que foi viver antes do 25 de Abril, não me podem falar de censura e opressão porque eu nunca vou entendê-la. Nunca precisei...

Mas falem-me do meu pai, que os meus olhos brilham....por isso gosto de Patxi.

Ana

1 comentário:

Anónimo disse...

;)

Que lindo!!!!