sábado, 9 de novembro de 2013

Pontualidade de quem?

Já ouviram falar de pontualidade británica? Pois, eu também já. Mas nunca vi.
Ora então falemos dos transportes daqui da terra. Horários existem, mas não foram feitos para ser cumpridos. 
Das dezenas e dezenas de vezes que usamos os transportes rara foi a vez que chegamos ao destino à hora que nos foi prometida. Quer comboios, quer autocarros, definitivamente não se pode confiar neles para chegar a tempo seja a que for. Longe de nós de ousarmos ter algum compromisso importante e para lá chegar precisarmos de comprar um bilhete.
Se há um acidente na auto-estrada corta-se a estrada e toca a mandar os carros todos por estradas secundárias. Nem que seja um esquilo atropelado por uma trotinete. Ironia, pois claro. Mas a verdade é que eles exageram nas medidas que tomam. Já vi um trecho da auto-estrada fechado por estar um carro batido contra um rail. E as restantes duas faixas sem terem um pedacinho do dito veículo. 
Se alguém se atira para a linha de comboio numa das maiores estações do País, o que é que se faz?? Não, não se corta só a linha, fecha-se a estação toda durante horas que é muito mais giro e estraga a vida a muita mais gente. E dizem vocês "ah, mas não é todos os dias que alguém se atira para a linha". Não, não é! Mas eu já vi comboios a serem cancelados ou atrasados por coisas mais parvas. Vejamos:
Manutenção da linha: ok, eu sei que tem de ser feita, mas eles não conseguem prever que vão ter de alterar alguns horários? Esperam que as pessoas comprem bilhetes, estejam na estação às 9 da manhã para avisarem que afinal aquele comboio não vai sair e só há outro às 10.30h.
Neve: ora, num país que neva toooooodos os anos, e que desde há muitos que é possível prever o tempo que vai fazer nos próximos dias (essa coisa mítica chamada meteorologia), era de esperar que eles conseguissem antever uma queda de neve e que estivessem sempre preparados para quando começa a nevar. Mas não, neve é coisa do outro mundo. Um dia compramos um bilhete directo Londes-Southampton, mas como entretanto começou a nevar (nada de grandes tempestades, ou coisa que o valha) tivemos de mudar de comboio 4 vezes, transformando uma viagem de 2 horas em 4 horas e tal....

Enfim, chego à conclusão que os Ingleses são é uns atados do caraças. Deviam ir uns tempos a Portugal aprender a lei do desenrasca!

Rita

Sem comentários: