segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Ninguém leva a mal?

Não estou a entender esta coisa do Sr. Primeiro Ministro de avisar 15 dias antes que afinal não há entrudo para ninguém. E depois têm o desplante de dizer aquilo como se fosse a coisa mais óbvia do Mundo. Como se todos já soubessemos que isso era a opção mais lógica. Passou-nos a todos um atestado de burrice, foi??

Eu até entendo a coisa do esforço, e do poupar, e de diminuir os feriados...e tudo, e tudo, e tudo. Mas dizer na véspera uma coisa do género: "pessoal, não se esqueçam que amanhã é dia de trabalho....aahhh, vocês já calculavam, de certeza"!



Fala o gajo que de sacrifícios pouco ou nada deve saber.


E eu até nem gosto do Carnaval, mas o meu patrão aproveitou logo a deixa. Eh pah...não acho bem. Já estava a contar com o dia...e tenho de trabalhar, é? Quem paga??

Raisparta....e as pessoas que ganham dinheiro com o Carnaval?? Os comerciantes?? E os que trabalharam o ano todo para as festividades??

Ando a tentar ter paciência com Portugal, mas sinceramente não está fácil. Juro que se ouço a palavra "crise" mais uma vez emigro!!! Verdade!!!


Sem comentários: