domingo, 29 de janeiro de 2012

Muito mais que pêlo

Esta coisa de me preparar para emigrar (ah, pois é) tem muito que se lhe diga. Há mil e uma coisas a serem pensadas. Ele é tratar dos papéis da ordem, ele é tratar do passaporte, é pensar em alojamento, e arranjar certidões em 324 linguas diferentes, é sair do actual trabalho amiguissíssima do actual patrão, é saber se depois o rapaz vai lá ter connosco para nos aquecer a cama (que eu já suponho que vai ser enoooorme, como sempre quis), é saber como é o tempo e que roupa devo levar....essas coisas importantérrimas!! Mas, para ser sincera, a coisa que me está a atormentar mais neste momento, aquilo que realmente me tira o sono, é:


QUEM É QUE ME VAI TIRAR O PÊLO?????


Sim, porque não é de um dia para o outro que uma gaja arranja a esteticista perfeita. Eu encontrei a minha há coisa de 7 anos atrás e não a quero largar mais. É que isto de ir tirar o pêlo é muito mais que uma questão estética, é mais uma questão terapêutica. Entramos lá, despimos a roupa e o preconceito e deixamos naquela marquesa meia duzia de pêlos e 2 quilos de desabafos. E ela ouve-nos, aconselha-nos, tudo isto enquanto nos põe creme no corpo. É perfeito.


E até podem dizer que se arranja outra esteticista em qualquer parte do mundo. Mas perdoem-me, não é a mesma coisa. Demora até ao dia em que nos abrirmos numa marquesa duma estranha (LITERALMENTE) e nos sentimos em casa. A minha esteticista já viu o meu pior, e não falo só nos meus dias de lua cheia em que me transformo num lobisomen peludo. Mais do que me tirar o pêlo, é uma amiga. Como raio vou eu sobreviver sem ela, heim? Estou tentada a comprar-lhe um bilhete só de ida para ela também.


Claro, sentimos saudades dos pais, da avó, do namorado, do afilhado, dos amigos, do canário, das tartarugas....mas....como se vive sem a "nossa" tira-pêlo???


De certeza que todas as mulheres vão compreender esta minha questão existencialista que me anda a tirar o sono!


Ah...as coisas realmente importantes da vida.

2 comentários:

Joanissima disse...

Mas podes crer que é mesmo uma questao muito pertinente!!!
Eu ja nao saberia viver sem a minha Margarida! : ))

Sandra Amorim disse...

Como o primeiro comentário não correu bem, aqui fica o segundo ;-)e voltar a rever-me neste texto voltei a soltar a lagrimita :-( Ai oh pá!!! Olha minha querida claro que te podia ir visitar ou até te ensinar uns truques e tal e tal mas... Não era a mesma coisa ;-) Vens cá visitar o pessoal e voltas "impacabel" (hehehe) E se já tás com saudadinhas aqui da menina; antes de ires ainda te vou dar mais motivos para isso (hihihi) ;-) Coragem que tudo se resolve!!! ;-) Beijão