quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Não

Não. Hoje não é um dia bom.
E há dias assim. Longos. Pesados. Carregam dentro deles tudo que de mais negro e triste existe.
Não. Hoje não é um dia bom.
Todas as palavras ditas em dias assim nos batem fundo. Fazem feridas que demorarão a sarar. Magoam.
Não. Hoje não é um dia bom.
O mínimo problema adivinha-se um medo colossal. Tudo nos faz tremer, não querer acreditar.
Não. Hoje não é um dia bom.
Não se querer crescer. Não se querer mudar. Não se querer cantar. Não se querer escrever. Não se querer acordar.
Não. Hoje não é um dia bom.
Nada que fazemos bate certo. Nada que nos fazem sabe bem. Tudo nos preocupa. Tem de preocupar.
Não. Hoje não é um dia bom.
As piadas que ouvimos não têm graça. O sol não quer aquecer. A comida não tem sabor. Não conseguimos adormecer.
Não. Hoje não é um dia bom.
Hoje não foi um dia bom.
ANA

Sem comentários: